Menu

Posts Destaques

16 setembro, 2018

RESENHA | COMO DEIXAR DE FALAR MAL DA VIDA ALHEIA EM 7 DIAS

Titulo: COMO DEIXAR DE FALAR MAL DA VIDA ALHEIA EM 7 DIAS
Autora: EDGAR DE SOUZA
Editora: ADOS
Páginas: 56
Ano: 2016
Classificação: 5/5


Sinopse:

O homem tem sofrido muito por não deixar de falar vida alheia.
A língua está sempre em alta rotação, enquanto a mente está quase parando.
"Se alguém se considera religioso, mas não refreia a língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum!" - Tiago 1:26
É chegado o tempo de uma reforma completa. Por que não começar pelas palavras? Finalmente um livro que o ajudará na luta contra este mal, que infelizmente tem sido uma realidade na vida de muitos professores filhos de Deus. "E uma vez lido perante vós, providenciai para que seja lida na Igreja dos Laodicenses." - Colossenses 4:16
Quando li o titulo deste livro pela primeira vez, automaticamente pensei num monte de pessoas que necessitaria ler esta obra. Parei , e pensei: "Ah, a irmã Y precisa deste livro, o irmão X também precisa. E... ah, lembrei, aquela jovem Z precisa e muito desta obra". Porém , naquele mesmo momento me dei conta de que eu era mais um que precisava do livro. Porque já estava falando mal da vida alheia! Rsrsrs

É exatamente sobre isso que trata o Como Deixar de Falar Mal da Vida Alheia em 7 Dias. Este livro é uma autentica terapia! O livro, apesar de simples (falo do tamanho), é algo que pelo menos todo cristão deveria ler uma vez na vida. 
 "Quão terrível mal tem causado a difamação. Rebaixar o semelhante é o principal prato de muitos professos cristãos" (p.10)
Edgar Souza, o autor, apresenta varias dicas importantes ao logo das 56 (segundo o autor, está em preparação uma edição ampliada da obra) páginas que compõem seu livro. Sua escrita é clara, fluida, e a mensagem , fácil de entender. O livro aborda questões como : como deixar de difamar os outros, como para de falar palavras precipitadas, como largar a mentira (até as mentiras "branca"), deixar de julgar, fofoca, acusações, e todos os outros males que cometemos usando a língua.
" Falar muito não é um bom hábito"(p. 21)
O diferencial desta obra é que, apesar de ser também para não cristãos ela foi especialmente preparada para cristãos. Por isso, o autor apresenta varias passagens bíblicas sobre como cuidar das palavras e língua, bem como vários textos da autora Ellen White sobre o assunto. 

Recentemente, minha amiga Simone que também é viciada em livros, compartilhou uma citação de Ellen White, e enquanto escrevo esta resenha, descobri que o autor deste livro usou a mesma citação  na pagina 18. Eis ela aqui :
" A menos que controlemos nossas palavras e e génio, somos escravos de Satanás. ( E.G.White, Testemunhos Seletos, vol., p. 108)"
Forte , né? 

1 comentários:

  1. Tem vários irmãos e irmãs por aqui que precisam desse livro... mas realmente eu preciso dele também rsrsrsrs.

    ResponderEliminar