Menu

Posts Destaques

02 junho, 2018

RESENHA DO LIVRO : EM DEFESA DE CRISTO

Titulo: EM DEFESA DE CRISTO
Autor: LEE STROBEL
Editora: VIDA
Páginas: 358
Ano: 2017
Classificação: 5/5


Sinopse: 
Jornalista experiente investiga o mais importante acontecimento da História O projeto: Apurar as evidências confiáveis a respeito de Jesus de Nazaré ser de fato o Filho de Deus. O repórter: Lee Strobel, Mestre em Direito pela Universidade de Yale, já foi editor premiado do Chicago Tribune – com um histórico de militância no ateísmo. Os peritos: Autoridades reconhecidas no estudo da pessoa de Jesus, com doutorados por Cambridge, Princeton, Brandeis e outras instituições de renome internacional. O relato: Recapitulando sua trajetória espiritual, Strobel interroga minuciosamente os especialistas com perguntas difíceis e diretas: Qual o grau de confiabilidade do Novo testamento? Existem evidências extrabíblicas sobre Jesus? Há algum motivo convincente para crer que a ressurreição foi um fato histórico? Este livro instigante não é uma obra ficcional. É uma grande reportagem que investiga os fatos sobre a figura mais significativa da história humana. Qual será o veredicto?
Jornalista, ateu e investigador. Esse era Lee Strobel. Para ele haviam provas de sobra de que Deus era simplesmente produto da nossa imaginação, da mitologia antiga, da superstição primitiva. Sua mente não conseguia entender como é que um Deus de amor mandava as pessoas para o inferno por não acreditarem nele, e nem como os milagres de Jesus podiam desafiar as leis básicas da natureza. 

Para ele, Cristo e sua divindade não passavam de uma ilusão. Todos os seus pressupostos até então, se baseavam apenas em pesquisas superficiais de livros de histórias e filosofias que lera. Até que em 1979 ele é afrontado. Neste ano ocorre o que um ateu e cético declarado NÃO poderia esperar: sua esposa se converte ao Cristianismo e passa a ser uma mulher de fé e bastante fervorosa. A partir desse ponto, Lee começa sua jornada em busca de fatos que comprovassem a falsidade da crença em Deus e em Jesus, de maneiras a que pudesse refutar Leslie, sua esposa recém convertida ao que ele chama de produto de nossa imaginação. 
“Pondo de lado o máximo possível meus interesses pessoais e preconceitos, li livros, entrevistei especialistas, questionei, analisei a história, explorei a arqueologia, estudei literatura antiga e, pela primeira vez na vida, li a Bíblia versículo por versículo. ” 
O fato de Lee Strobel ser formado em Direito na Universidade de Yale, e ter uma vasta experiência em editoração de assuntos jurídicos no Chicago Tribune, contribuíram muito para usas pesquisas, visto que era essa sua atividade diária. 

Marcou encontro com os maiores especialistas em Bíblia, Grego, Historia, Filosofia, Psicologia, Psiquiatria e outros. Dentre eles: Craig L. Blomberg, um dos grandes especialistas em Novo Testamento. Durante a leitura, fiz várias reflexões. E cheguei também a muitas conclusões. Uma delas foi: se os professos cristãos hoje estudassem e pesquisassem a pala de Deus com o meus espirito que teve Lee Strobel, não teríamos: tantos cristãos analfabetos de Bíblia; tantas denominações, muito menos tanta gente sendo enganadas por falsos profetas.

1 comentários:

  1. Muito legal o trabalho de Lee Strobel!Sempre recomendo também William L. Craig, Richard Swinburne e (ainda que de díficil compreensão), Plantinga.

    Abraço!
    http://propertranslations.blogspot.com/

    ResponderEliminar