Menu

Posts Destaques

11 agosto, 2017

#RESENHA - VIAGEM AO SOBRENATURAL

Titulo: VIAGEM AO SOBRENATURAL
Autor: Roger J. Morneau
Editora: CPB
Páginas: 176
Ano: 2012

Adquira : AQUI

Sinopse:
As experiências e recordações da infância e da guerra haviam levado Roger Morneau para longe de Deus de tal maneira, que ele agora O odiava. Depois da guerra, Roger foi levado, através de um amigo, a adorar os demônios. Então, ele descobriu as boas novas de um Deus amoroso, e sentiu o desejo de cortar os laços de adoração aos espíritos. Aqui Roger Morneau narra sua própria história de como o socorro divino o livrou do terrível mundo do satanismo.
Roger Morneau nasceu em Quebec, Canadá, e faleceu no ano de 1998. Como autor escreveu vários livros, como: Respostas Incríveis à Oração (publicado também em português pela CPB) e O Poder Sobrenatural da Oração. Ele foi um homem poderoso, e que desenvolvia um ministério fantástico de oração intercessora. Se você quiser, assista ao seu testemunho em vídeo
aqui: Testemunho.

O que achei da obra:
Sou um cara que memorizo com muita facilidade as coisas. E com isso, encontro muita dificuldade em ler pela segunda vez um livro, ou em rever um filme. A sensação de saber a cena seguinte é muito ruim e isso me deixa muito desconfortável. Porém quando se trata de bons livros, consigo reler com facilidade. E foi exatamente isso que ocorreu comigo durante a leitura de Viagem ao Sobrenatural! Li e reli umas 8 vezes. 
“Somente mais tarde compreendi o perigo de tentar dialogar com os espíritos.” Pág. 11
Como se pode ler na sinopse, o livro conta a história do próprio autor, e suas experiências com a adoração aos demônios. Roger nasceu em uma família de oito filhos. Seus pais eram fiéis devotos e membros da igreja Católica Romana. Todos os dias seus pais faziam orações em casa e cultos familiares eram frequentemente realizados. Aos oito anos, Roger ficou muito doente ao ponto de seu pai preparar o seu funeral. Sua mãe desesperada, orou e prometeu a Deus que: se Ele curasse seu filho, faria tudo ao seu alcance para tornar seu filho um padre, e de maneira surpreendente, Roger melhorou rapidamente!
“Eu estava pegando um livro para ler quando o papel, com o recado de Roland pedindo que eu lhe telefonasse, começou a levitar pelo quarto e bateu no meu livro aberto com tal força que o livro caiu de minhas mãos e quase do meu colo. Meu primeiro impulso foi dizer uma ou duas coisas ao espírito, mas eu já havia tomado a decisão de não me envolver mais em contato verbal com os espíritos, custasse o que custasse. Colocando o pedaço de papel entre as páginas do livro, continuei a leitura. Poucos momentos depois, uma força invisível arrancou o livro das minhas mãos e o atirou contra a parede do outro lado da sala.” Pág.7
A vida se passa, muitas coisas acontecem, até que já jovem, Roger conhece Roland, um amigo que já estava a algum tempo vinha tendo vários encontros com espíritos! Esse amigo já recebido visitas de seu falecido pai, e que dava a ele diversos conselhos. Foi por influência desse amigo que Roger entrou nesta mesma viagem, e quando tentou sair dela após conhecer a verdade, os espíritos que outrora foram seus amigos decidiram tirar-lhe a vida a todo o custo. Daí inicia uma guerra terrível entre humanos e espíritos malignos. Sua relação com os demônio o tornou rico. Nos jogos de apostas, os demônios diziam para Roger em que cavalo apostar!
“Ao voltar para casa, orei e fui deitar-me. Vinte minutos depois, as luzes se acenderam. Eu as apaguei. Quase instantaneamente elas se acenderam de novo. Resolvi dormir com elas acesas. Poucos minutos depois, quase todas as coisas começaram a sair dos seus lugares.” Pág.7
O livro é fantástico de mais! Vale muito a pena gastar uns minutos para lê-lo. Lembro que quando li, não consegui mais largar o livro. Fui até a última página, e depois reli, reli e reli! 
Só não aconselho a leitura  deste livro no escuro, por que o livro é cheio de suspense, e lendo no escuro pode dar uma sensação muito ruim. Pelo menos é isso que ocorreu comigo.
“Além disso, eu estava vestido com o meu melhor terno – aquele feito sob medida, que eu havia comprado com o dinheiro que ganhara nas apostas das corridas de cavalos com a ajuda dos demônios.” Pág. 81
Pra quem duvida da existência de demônios, forças satânicas e etc, este é o livro!


Seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário